Sites Grátis no Comunidades.net

As Grandes Novidades da Literatura Portuguesa


2006 - Um ano de livros imperdíveis

O ano de 2006 termina como um dos melhores para a literatura portuguesa e também para o mercado português de livros.

Quer isto dizer que 2006 se destacou não só por novos e "persistentes" êxitos portugueses, seguindo assim o impetuoso ano de 2005, mas também pela entrada, com sucesso, de variadas obras internacionais (especialmente anglo - saxónicas) no mercado português.

Aquilo a que os analistas chamam cada vez mais de "nova dinâmica" do mercado português traduz-se, muitas vezes, na persistência de alguns livros nos principais tops das livrarias por mais de cinco semanas.

Foi o que aconteceu,em 2006, com o livro "A Fórmula de Deus", do jornalista José Rodrigues dos Santos, um romance extraordinariamente vivo e atraente, uma escrita forte, quase plástica, que efectivamente prende o leitor. José Rodrigues dos Santos foi, igualmente, o escritor de maior sucesso de vendas em 2006, acabando de vez com o mito do predomínio anglo - saxónico do nosso mercado.

Mas, como atrás referi, 2006 foi também um ano de grande sucesso de autores estrangeiros no nosso mercado. Tem aqui absoluto destaque o livro "Fortaleza Digital", do ímpar Dan Brown, que tinha absolutamente que provar que consegue ser um escritor sólido e credível depois do mega sucesso mundial de "O Código Da Vinci". "Fortaleza Digital" foi ocupou mesmo o primeiro lugar do top de vendas anual da Bertrand, atestando a dinâmica e a comercialização deste autor entre os leitores portugueses.

A destacar ainda um outro sucesso no nosso mercado, talvez não tão conhecido do grande público: "Uma chuva de diamantes" de Sveva Casati Modignani. Uma surpresa quanto ao sucesso comercial que alcançou entre nós, mas uma obra que tive oportunidade de ler e da qual posso atestar uma contrução de enredo incrivelmente bem feita, uma trama genial que, a meu ver, acaba por colmatar algumas fragilidades linguísticas.

O mercado português de livros não pode ser compreendido em 2006 sem uma outra nota: a da continuidade da "amizade" entre o público português e Nicolas Sparks, desta vez com "Amor à primeira vista", um romance que se manteve persistentemente nos tops de vendas da Fnac, da Bertrand e da Byblos.

Outro grande sucesso de vendas, em português, veio da mão da escritora da "socialite" Margarida Rebelo Pinto como "Vou contar-te um segredo", embora longe das proporções do seu "Sei Lá" de 1999.

O ano de 2006 foi, pode dizer-se, triplamente positivo: consolidou a cumplicidade entre o público português e os tradicionais escritores de top, proporcionou um renovado impulso a uma literatura mais intelectual e evidenciou um mercado cada vez mais dinâmico e atractivo, o que é sem dúvida um sinal positivo para os anos seguintes, apesar da tão badalada "crise".
Criar um Site Grátis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net